QUINTA FEIRA, 11 de abril

Um estudo científico mostra que as injeções de chumbo têm muito pouca ou nenhuma incidência em espécies de caça terrestres.

Um relatório encomendado pela Federação Espanhola de Armas e Munições mostra que a incidência de munição de chumbo em espécies de caça é "muito baixa", "irrelevante". Os resultados da pesquisa desacreditam cientificamente as pressões de que o setor de caça está sofrendo críticas, acusações, relatórios não testados e até mesmo a ameaça de regulamentações proibicionistas.

A pesquisa foi encomendada pela FSA , que pagou por tudo isso, mas foi conduzido objetivamente e independente por duas universidades, a Universidade Politécnica de Valência (UPV) e a Universidade de Murcia, que por sua vez, estabeleceram um acordo de colaboração com os engenheiros florestais.

Conheça todo o estudo aprofundado aqui.

Fonte: Club de Caza